Nunca foi tão necessário ter acompanhamento emocional, afirma treinador comportamental e influencer digital Marcelo Bianchini

Marcelo Bianchini

Treinador comportamental e mentor de vida e negócios, Marcelo Bianchini considera que a força mental é a base para enfrentar as adversidades, inclusive a atual crise

No último ano a palavra de ordem foi adaptação. As restrições impostas pela pandemia obrigaram a população a se reinventar em todos os sentidos: profissional e pessoal. O treinador comportamental e mentor, Marcelo Bianchini, diretor-fundador do Instituto Bianchini, especializado em mentorias e que desenvolve treinamentos, explica que resiliência é a palavra-chave. “Em um dos treinamentos que dou, explico que devemos saber nos adaptar a todos os cenários, que não adianta nos focarmos no externo, nós é que devemos aprender a responder às adversidades”, afirma. Em suma, agir diferente para ter resultados diferentes. Um de seus treinamentos se chama “Atitude de Tigre”, a alusão ao felino se baseia no fato de que a espécie vive em diversos ambientes, da selva à neve, e em todos eles é um animal forte, portanto, é um exemplo de adaptação.

Marcelo afirma que nunca foi tão necessário procurar ajuda profissional, visto que nem sempre é possível enxergar as soluções dos problemas quando se está envolvido. “O olhar de fora é fundamental e não pode ser ignorado, eu consigo enxergar os erros e acertos dos meus mentorados e alunos, assim é possível apontar soluções que eles não conseguiriam ver por estarem desesperados”, afirma. Entretanto, ele explica que isso significa sair da zona de conforto, o que nem sempre é fácil. “Muitos preferem culpar o governo, o chefe, a família, ou seja, culpam os outros e não reconhecem que eles mesmos têm responsabilidades e precisam agir e serem protagonistas de suas vidas”. Bianchini recomenda que todos façam algum tipo de acompanhamento emocional ou programa de mentoria, mesmo aqueles mais resistentes. “O momento é de grande instabilidade e devemos nos manter fortes para prevenir quedas diante dos possíveis golpes”. Para quem não puder neste momento pagar por um acompanhamento, a dica é refletir sobre suas atitudes e buscar histórias inspiradoras. “Li diversas biografias de pessoas de sucesso, isso me ajudou a me inspirar, pois vi pessoas que venceram dificuldades iguais ou maiores que as minhas e isso me fortaleceu”, recomenda Bianchini

Intagram: @marcelobianchinioficial

YouTube: Marcelo Bianchini

Site: marcelobianchini.com.br

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on vk
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Conteúdo patrocinado

Essa publicação é de responsabilidade do autor  não sendo de responsabilidade do portal.

Últimas notícias

Mais notícias

Vacina duas vezes aplicada no Ex-presidente José Sarney não o imuniza

Teka Balluthy vence o reality Revelações Brasil

Cinco lições do investidor Carlos Magno para você colocar em prática em sua vida

Primavera/ Verão: Dani Guelfi aponta 4 modelos de bolsa para investir nessa estação

Bitcoin e Ethereum são a aposta de Rodolfo Marques para investidores iniciantes em criptoativos

Sucesso da plataforma Onlyfans aumenta procura por tatuagens íntimas, tatuador Hctor Valentim ensina os principais cuidados

Proprietário de revendedora de automóveis comemora crescimento de vendas de SUVs

Médica dermatologista Alicya Scavello dá detalhes sobre o conjunto de técnicas que tem feito sucesso nos consultórios em tempos de sorrisos escondidos pelas máscaras: “Fox Eyes”

Thadeu Torres é o 4º Eliminado do Reality Bar Aberto no Multishow

Reinaldo Bueno Filho, o conhecido Mestre Bueno do Barão, chega ao Maranhão em Setembro com o Barão em rituais e atendimentos