Vacina para rinite alérgica no Rio de Janeiro

vacina para rinite no Rio de Janeiro

As vacinas são atualmente um tratamento eficaz para controlar os sintomas da alergia respiratória.

Vários estudos têm demonstrado que o uso de vacinas em pacientes com rinite alérgica diminui a probabilidade de que os pacientes desenvolvam asma.

No entanto, a demora no encaminhamento ao alergista e a falta de confiança nessas vacinas, significa que muitas pessoas não recebem tratamento adequado.

Pessoas com rinite alérgica sazonal ou persistente devem ser encaminhadas ao alergista no Rio de Janeiro para iniciar o tratamento com imunoterapia e reduzir o risco de elas acabarem sendo asmáticas.

A imunoterapia com alérgenos é capaz de alterar o curso natural da doença alérgica, por isso é um tratamento muito eficaz para prevenir o desenvolvimento de novas sensibilizações.

Quer saber mais sobre a rinite e como tomar a sua vacina para rinite no Rio de Janeiro? Continue lendo:

O que é Rinite?

A palavra rinite significa “inflamação do nariz”. O nariz produz um fluido chamado muco. Este fluido é normalmente fino e claro e ajuda a manter poeira, detritos e alérgenos fora dos pulmões.

Muco geralmente drena para a parte de trás da garganta. Você não está ciente disso na maioria das vezes porque é uma pequena quantidade e é sutil.

Quando o nariz fica irritado, pode aumentar a produção de muco, que se torna amarelo denso e pálido.

O que acontece neste momento? Também pode começar a fluir da frente do nariz e pode irritar a parte de trás da garganta e causar tosse.

Sintomas

Os sintomas da rinite podem incluir:

  • Nariz abafado ou escorrendo
  • Espirros
  • Muco na garganta
  • Tosse seca
  • Irritação e coceira nos olhos ou garganta.
  • Olhos vermelhos

Sintomas crônicos de rinite alérgica: o que fazer?

Se você sofre de rinite alérgica crônica, o tratamento a longo prazo pode ser considerado.

Você pode se submeter a um tratamento de dessensibilização ao alergênico responsável por meio da vacina com um alergista.

Isso envolve acostumar seu corpo à presença da substância que causa a alergia para que ele gradualmente pare de ter uma reação inadequada.

É um tratamento bastante longo que pode levar vários meses, mas pode permitir que você se livre de sua alergia.

Fatores de risco

Dependendo do tipo de rinite, certas condições ou fatores de risco podem estar associados, tais como:

  • Asma;
  • Sinusite aguda;
  • Inflamação do olho (conjuntivite);
  • Dermatite atópica ou eczema;
  • Má ventilação das orelhas (ou disfunção do tubo eustáquio);
  • Laringite (inflamação que causa rouquidão da voz);
  • Esofagite eosinofílica;
  • Distúrbios do sono;
  • Pólipos nasais.

Como saberei se tenho rinite?

A rinite alérgica geralmente não causa sintomas como febre ou fadiga.

Além disso, os sintomas de rinite alérgica são desencadeados pela presença de um alérgeno como o pólen.

Eles desaparecem assim que você se afasta deles.

Se é uma alergia sazonal, você deve ter sintomas na mesma época todos os anos.

Tratamento sintomático de rinite alérgica

Para curar a rinite alérgica, você pode usar tratamentos que aliviam os sintomas. Um alergista pode prescrever um tratamento anti-histamínico para acalmar suas reações alérgicas.

Associamentos regulares são importantes para evitar complicações bacterianas, e você pode usar sprays nasais para descongestionar seu nariz (apenas para maiores de 15 anos).

A maioria dos tratamentos usados para rinite alérgica são vendidos sem prescrição médica, exceto por alguns anti-histamínicos.

Aconselhamos que consulte um médico para receber uma receita para tratamentos adequados.

Em alguns casos, é necessária a prescrição de corticosteroides orais, mas eles podem ter efeitos colaterais.

Por essa razão a vacina é a melhor forma de tratamento.

Como prevenir

A rinite é prevenida evitando contato com alérgenos ou tentando prevenir fatores de risco, mas também há outras dicas a seguir:

  • Não toque ou esfregue o nariz.
  • Lave as mãos com água e sabão.
  • Evite contato com pessoas resfriadas ou afetadas.
  • Lave seus lençóis e fronhas em água quente e detergente para reduzir os alérgenos.
  • Use capas anti-ácaros para travesseiros, colchas, edredons, colchões e molas.
  • Mantenha animais de estimação fora do quarto
  • Use óculos escuros e um chapéu de abas largas para evitar que o pólen entre nos olhos.
  • Mantenha as janelas fechadas durante a temporada de pólen e mofo.

Como funciona a vacina para rinite?

A vacina contra alergia é a maneira mais comum de se referir à imunoterapia específica para alergênicos.

Esta terapia é utilizada para o tratamento etiológico, ou seja, da causa, de doenças alérgicas.

A imunoterapia alergênica envolve dar ao paciente alérgico pequenas quantidades da substância à qual ele ou ela é alérgico.

Essas quantidades são aumentadas até atingirem uma dose ideal que é mantida durante toda a duração do tratamento.

Dessa forma, as vacinas modificam a resposta imune do paciente e garantem que a resposta após a exposição ao alérgeno não gere uma reação séria e melhore substancialmente a qualidade de vida do paciente.

O tempo de início da vacina depende do histórico médico do paciente. Em alguns casos, é claro que eles devem ser usados a partir do momento em que a doença alérgica é identificada.

Por outro lado, as vacinas têm um efeito maior quanto mais cedo são utilizadas.

Além da vacina para rinite alérgica, estes também são usados em pessoas com asma que têm alergia a ácaros, fungos, pólens ou epitélio animal.

Vacina para Rinite no Rio de Janeiro

Resultados recentes sugerem que a vacina pode modificar o curso evolutivo da rinite, impedindo que o aparecimento de novas sensibilizações alérgicas também se desenvolva.

A vacinação é essencial no processo de tratamento dessa patologia.

Para tomar a vacina você pode contar com a Clínica Brasil Sem alergia.

É um projeto de cunho inclusivo, onde você encontrará atendimentos gratuitos e não gratuitos. Com profissionais altamente qualificados que já atuam há um bom tempo na área de alergias e doenças.

Você pode encontrar a clínica em Nova Iguaçu (Cruz Vermelha), Rio de Janeiro, Itaguaí – RJ, Iguaba Grande – RJ (Cruz Vermelha).

Para mais informações ligue no Telefone: +55 (21) 4063-8720 ou WhatsApp: +55 (21) 99374-2042.

Ou acesse o site para conhecer mais detalhes sobre o projeto.

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on vk
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Conteúdo patrocinado

Essa publicação é de responsabilidade do autor  não sendo de responsabilidade do portal.

Últimas notícias

Mais notícias

Tyane Benetti: a influenciadora com o maior canal de divulgações Brás

Apaixonada por moda, Luana Carneiro se torna uma grande empreendedora no ramo da moda feminina em Buriticupu-Ma

Andreia Tokutake: Brasileira classificada para festival de fisiculturismo de Schwarzenegger, confira

Escritores independentes, como Felippe Aragão, autor de Meu Amigo Homem, ganham força no mercado de livros durante a pandemia

Nica Reina assina com a Aloha Influencer

Rainha dos cachinhos, Nívea Cavalcante celebra 22 anos

O Rio de Janeiro continua (ainda mais) lindo com Manu Heinze

Hit “Ela Kika Diferente” viralizou no Tik Tok

Irmãs do canal Coisas de Trigêmeas assinam com a Aloha Influencer